26 ANOS​
Reparo de todos os tipos de
câmbio automático​
Veja Mais
Veículos nacionais
e importados
Veja Mais
Atendemos todas as
marcas do mercado
Veja Mais
Equipe
Especializada
Veja Mais
Nosso
Forte é o câmbio
Veja Mais

Sobre nós

Experiência

  • Constituída desde 04/02/1993.
  • Mais de 26 anos dedicados ao câmbio automático.

Comprometimento

  • A Oficina do Câmbio Automático construiu a sua reputação prestando bons serviços.
  • Todos os nossos serviços são supervisionados por um engenheiro mecânico.

Missão

  • Oferecer soluções para o câmbio automático assegurando a satisfação dos clientes, mantendo as características originais do conjunto, com responsabilidade socioambiental.

Serviços

Reparo do câmbio automático
e sistema de transmissão 4x4
Diagnóstico eletrônico e programação
Venda de Peças

Câmbio

Todas as formas de transporte motorizado, inclusive marítimo e aeronáutico, precisam converter torque em rotação.

Exemplos: Caixa de direção, caixas de transferência, caixa de redução, entre outras.

Nosso foco: Veículos automotores terrestres rodoviários, em especial o dispositivo de troca de relações, por meio automático, ou seja, sem a interferência direta do condutor, que doravante denominaremos “câmbio automático”.

“Quando estiver em nossa empresa, e se quiser saber mais, será um prazer lhe mostrar um câmbio automático.”

 É um bloco, geralmente em alumínio, de atuadores (válvulas) responsáveis pelo direcionamento do óleo, para os pistões das embreagens e ou freios responsáveis pelas marchas, selecionadas de acordo com as ordens do módulo.

A caixa do conversor de torque é parafusada na placa de arraste, a qual é fixada na traseira do virabrequim do motor. É composto de três partes: impulsor, turbina e estator.

Para compreender a ação de acoplamento hidráulico de um conversor de torque, imagine que dentro do conversor existam duas hélices. O motor dirige a primeira (impulsor), que força o fluido contra a segunda (turbina). A segunda hélice está ligada ao eixo primário do câmbio. Ela gira pela força do fluido empurrado contra ela. Isto faz o eixo primário girar e movimentar o veículo.

Você pode observar o princípio em operação se usar dois ventiladores domésticos de frente um para o outro. Ligue um e deixe o outro desligado. O primeiro ventilador fornece o ar que movimenta a hélice do segundo.

O simples conjunto de dois ventiladores não é um conversor de torque. Entretanto é muito próximo do sistema de acoplamento de fluidos que foram usados antes que os conversores de torque fossem desenvolvidos.

Atualmente a maioria dos conversores de torque tem a função lock up, que consiste em promover um acoplamento mecânico através de uma embreagem, possibilitando que a rotação do motor seja transferida integralmente ao eixo primário do câmbio. Da mesma forma que as embreagens e freios do câmbio têm que ser substituídos à embreagem do lock up também deve ser reparado.

A OFICINA DO CÂMBIO AUTOMÁTICO recomenda a MARF Conversores que é uma empresa sólida e que sempre tem nos atendido.

Para mais esclarecimentos e conhecer a MARF acesse o link: http://www.marfconversores.com.br

O filtro de óleo do câmbio é muito importante. Ele tem como função impedir que partículas provenientes do desgaste dos discos de embreagens e dos freios do câmbio entrem na bomba de óleo e sejam direcionados ao corpo de válvulas. Nos câmbios mais antigos o acesso ao filtro de óleo era mais fácil para se fazer a sua substituição. Mas atualmente com câmbios cada vez mais compactos, com mais relações de velocidade e complexidade eletrônica, os filtros ficam alojados dentro do câmbio e só se tem acesso a eles desmontando o câmbio. Daí vem à necessidade de óleos cada vez com mais aditivos especiais e o desenvolvimento do conceito do “Fill for Life”. O óleo do câmbio automático é abastecido de fábrica, contemplando sua vida útil.

Para que ocorra a mudança de velocidade no câmbio mecânico temos que acionar a embreagem, e selecionar a marcha adequada para a velocidade. Atualmente já encontramos câmbios robotizados, dispensando a interferência do condutor.

No câmbio automático as mudanças devem ocorrer automaticamente, e em alguns modelos de veículos temos a opção de determinarmos a marcha.

Nos veículos sem o gerenciamento eletrônico esta mudança se faz por meio de um regulador centrifugo, denominado GOVERNADOR. O princípio de funcionamento é simples, o governador fica instalado no eixo de saída do cambio e à medida que a velocidade aumenta os pesos do governador modificam a pressão da linha de acionamento das válvulas de mudança, fazendo assim ocorrer as mudanças de marcha.

Nos veículos com o gerenciamento eletrônico, as mudanças de marcha ocorrem seguindo regras pré-estabelecidas dentro de um pequeno computador chamado de módulo.

O módulo através de sensores colhe diversas informações como:
⦁ Velocidade do veículo.
⦁ Rotação do motor.
⦁ Posição do pedal de aceleração.
⦁ Velocidade de variação do pedal de aceleração.
⦁ Freio e ou redução de velocidade.
⦁ Temperatura do motor e câmbio.
⦁ Se o veículo está em reta, entre outras.

O módulo processa as informações e envia os sinais elétricos aos atuadores fazendo com que o câmbio aplique, com o máximo conforto, a velocidade adequada, evitando assim um consumo elevado de combustível, com o máximo desempenho.

Quando ocorre alguma anomalia ou funcionamento fora dos parâmetros pré-estabelecidos, o módulo se desliga e informa ao condutor, colocando o câmbio em modo de funcionamento de emergência.

Dúvidas Frequentes

Não informamos preço por telefone.

É possível fazer uma ESTIMATIVA do reparo, mas para isso pedimos dois dias úteis que nos forneça o que solicitamos abaixo:
– Venha pessoalmente a nossa empresa.
– Traga uma mídia com fotos o mais detalhado possível do: veículo, motor, bateria, câmbio, painel com o motor funcionando onde seja possível ver a quilometragem total e luzes indicadoras, das rodas e pneus, peças que por ventura tenham sido substituídas, não se esquecer de tirar fotos da parte debaixo do motor e câmbio, ou seja, quanto mais fotos melhor.
– Traga um relatório da queixa ou dos serviços já executados, inclusive com notas.
– Documento do veículo e identificação.

Não prestamos informação técnica ao telefone. Quando a proposta de serviço é elaborada e apresentada ao propenso cliente este sim pode ter suas dúvidas sanadas na medida do possível.

Sim e não… Depende de vários fatores. Entre em contato.

Que bom que tem um mecânico de confiança. Mas para a elaboração do valor da proposta de reparo só iremos fazer com o veículo em nossa empresa. Logicamente iremos levar em consideração o que o seu mecânico informa. Note que temos como meta conquistar sua confiança.

Pedimos dois dias úteis de posse do veículo para elaboração da proposta de reparo.

No ato do recebimento temos como norma que o veículo deve vir acompanhado do documento CRLV valido e em nome do proprietário, e caso o veículo não esteja em nome do proprietário é solicitado à identificação de quem deixa o veículo bem como um comprovante de residência. O proprietário deve informar de forma mais detalhada possível a queixa do veículo.

Informamos preferencialmente por envio de e-mail, os valores do reparo, o tempo previsto de conclusão do reparo, a garantia e a forma de pagamento.

De 2ª à 6ª feira das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00 h.

Fale conosco

Endereço

Rua Dr. João Victor Bruno, 105

Centro – Nova Iguaçu – RJ

CEP 26215-280

Horário de funcionamento

2ª à 6ª feira   |   8:00 às 12:00 horas    |   13:00 às 17:00 horas

Copyright © 2019 – Oficina do Câmbio Automático – Nova Iguaçu – RJ